sexta-feira, 8 de junho de 2012

287. PARCIALMENTE NUBLADO, de Peter Sohn

Um curta maravilhoso sobre amizade, diferenças e soluções para os problemas.
Nota: 9,6


Título Original: Partly Cloudy
Direção: Peter Sohn
Elenco: Tony Fucile e Lori Richardson
Produção: Kevin Reher
Ano: 2009
Duração: 6 min.
Gênero: Animação / Comédia



Nesse curta vemos um mundo em que todos os seres vivos são criados por nuvens e levados até suas respectivas casas por cegonhas. As nuvens esculpem desde os pequenos até os grandes animais e seres humanos, depois dão vida a cada um e entregam às cegonhas para que elas façam o resto. Em meio a toda essa harmonia temos Gus, uma nuvem nublada que esculpe filhotes aterrorizantes de crocodilos, porcos-espinhos, tubarões e outros seres perigosos. Claro que a cegonha de Gus está sempre apavorada, dividida entre sua segurança e a amizade que sente pela nuvem excluída.


Peter Sohn dirigiu apenas esse filme, com toda a qualidade que ele possui é inacreditável que esse seja seu único trabalho na direção. Como dublador trabalhou em filmes como “Os Incríveis” (2004), “Ratatouille” (2007) e o inédito “Monstros S. A. 2”. No departamento técnico esteve nos mesmos filmes em 2004 e 2007, além de em 2003 ter trabalhado em “Procurando o Nemo”, em “Wall-E” (2008) e no maravilhoso “Up – Altas Aventuras” (2009), com o qual “Parcialmente Nublado” é distribuído. O compositor é o versátil mestre das animações Michael Giacchino, apesar de ter começado em 1995 foi apenas em 2004, com “Os Incríveis” que ele se consagrou, depois vieram alguns títulos em curta-metragem e com qualidade duvidosa, além de algumas séries, em 2008 veio sua primeira indicação ao Oscar com “Ratatouille”, em 2009 “Up – Altas Aventuras”, depois mais séries como “Fringe” (2008 – 2011) e “Alcatraz” (2012), além de filmes populares como “Missão Impossível – Protocolo Fantasma” (2011) e “John Carter – Entre Dois Mundos” (2012).



Filmes curta-metragem de animação tem o costume de trazer alguma reflexão acerca da vida, a mensagem desse é bem clara: ponderar sobre os mais diversos assuntos acerca de amizade, companheirismo, amor, diferenças, problemas e soluções. Gus representa aquela parte da sociedade moderna que precisa fazer um trabalho complicado que algumas pessoas podem não gostar, é dele a responsabilidade por criar as criaturas perigosas da terra, mas sem elas o mundo não seria o mesmo e tudo viraria um verdadeiro caos, já Peck, a cegonha, faz a vez daqueles amigos que apóiam essas pessoas em suas tarefas e fazem o possível para ajudá-los. Portanto, o que esse filme nos propõe é uma análise de como na vida devemos encarar nossos problemas de frente e lutar por nossos ideais e mostrar que todos somos engrenagens dessa máquina imensa chamada Planeta Terra.


 Para assistir ao filme: http://www.youtube.com/watch?v=3Nv4SgA2M6U&feature=related

ACESSE NOSSA PÁGINA NO YOUTUBE:
 http://www.youtube.com/user/projeto399filmes

Um comentário:

  1. O filme é incrível, já trabalhei com ele em sala de aula e rende uma boa discussão.

    ResponderExcluir

Poderá gostar também de: